‘É preciso reconhecer o esforço de todos’, diz Paulo Guedes sobre reforma da Previdência

O ministro Paulo Guedes calcula que o texto da reforma da Previdência aprovado na comissão especial da Câmara vai proporcionar economia de R$ 933 bilhões em dez anos – valor muito próximo à potência de R$ 1 trilhão prevista na proposta original.

Se ao longo da discussão da reforma Guedes teve embates e rusgas com os políticos, agora ele faz questão de agradecer a todos aqueles que, segundo afirmou, se empenharam pela aprovação da proposta – desde o presidente da comissão, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), o relator Samuel Moreira (PSDB-SP), os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

“Cada um fez o seu papel. É preciso reconhecer o esforço de todos”, disse, por telefone, enquanto, no aeroporto de São Paulo, pedia um sanduíche – o alimento depois de algumas horas de trabalho no dia.

“Estou cansado. Desanimado, jamais”, disse ao blog.

O ministro afirmou ainda que as próximas etapas da agenda econômica incluem o programa de privatização e a reforma tributária.

“A economia brasileira já bateu no fundo do poço e logo vamos ver a recuperação”, declarou.