Ex-senador dos EUA Jon Kyl ocupará temporariamente vaga que foi de John McCain

O governador do Arizona nomeou nesta terça-feira (4) como sucessor temporário do falecido senador John McCain o ex-legislador americano Jon Kyl, um poderoso e respeitado republicano.

“Não há ninguém no Arizona com o status do senador Jon Kyl. É um homem sem igual”, assegurou Doug Ducey a jornalistas em Phoenix junto a Kyl.

Kyl, de 76 anos, voará até Washington para tomar posse do cargo provavelmente alguns dias antes da votação no Senado para confirmar Brett Kavanaugh, nomeado pelo presidente Donald Trump para ser membro da Suprema Corte do país.

Ducey insistiu que a sua nomeação não era política, apesar de Kyl ter trabalhado com a Casa Branca nos últimos meses na confirmação de Kavanaugh no Senado, onde os republicanos têm uma estreita maioria de um voto.

“O senador Kyl pode votar na confirmação de Kavanaugh”, disse.

Kyl trabalhou com McCain, que morreu no final do mês passado aos 81 anos em decorrência de um câncer cerebral, por 18 anos no Senado, até 2013, e disse que ficaria “honrado” em voltar para a Câmara.

Mas o novo senador se comprometeu a assumir o cargo até janeiro de 2019, o que aumenta a possibilidade de que Ducey volte a nomear um substituto até que um novo representante seja eleito em novembro de 2020.

“Espero que o senador considere servir mais tempo” do que este ano, acrescentou Ducey.