Ministra do STJ manda soltar André Puccinelli, ex-governador de Mato Grosso do Sul

A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou nesta quarta-feira (19) a soltura do ex-governador de Mato Grosso do Sul André Puccinelli e do filho dele André Puccinelli Junior.

Os dois estavam presos desde o dia 20 de julho e são réus por lavagem e desvio de dinheiro – eles são acusados de recebimento de valores pelo grupo J&F.

Laurita Vaz revogou as prisões, mas impôs as seguintes medidas cautelares:

  • proibição de manter contato com os demais investigados;
  • suspensão do exercício de função pública.

A ministra autorizou o juízo de primeira instância a estipular outras medidas, se necessárias.

Laurita Vaz considerou que eles estão presos há cinco meses, que a denúncia já foi recebida e que houve “o desmantelamento de toda estrutura da organização criminosa”.

Para Laurita, o risco de eles voltarem a cometer crimes se enfraqueceu. Ela ainda entendeu que não há notícia de intimidação às testemunhas ou tentativa de atrapalhar produção de provas.