INÍCIO NOTÍCIAS
Vacinação nacional da gripe começa na próxima segunda-feira

Saúde
Última Atualização: 18/04/2018 - 18:19:02 | 44 visualizações





O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (18) que a campanha nacional de vacinação contra a gripe começa na próxima segunda-feira (23).

A vacina trivalente, que protege contra três tipos de vírus influenza, H1N1, H3N2 e FluB, será oferecida gratuitamente aos grupos consideráveis mais propensos a complicações relacionadas à gripe.

Os grupos são crianças de seis meses a cinco anos, idosos acima de 60 anos, gestantes, puérperas, indígenas, profissionais de saúde, pessoas privadas de liberdade, funcionários do sistema prisional, pessoas com comorbidades, como hipertensão, diabetes e transplantados, e professores da rede pública e privada.

Segundo o governo, serão disponibilizadas 60 milhões de doses, produzidas pelo Instituto Butantan, de São Paulo, com a meta de vacinar 54,4 milhões de pessoas.

Leia também: Aumento de gripe em SP pode ser prenúncio de supervírus dos EUA

Essa diferença no número de doses e de pessoas a serem vacinadas, de acordo com o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, é uma segurança no caso de imprevistos, como roubos de vacina. “Caso haja uma sobra nas doses, elas serão oferecidas à população em geral”, afirma.

O Dia D da campanha está previsto para 12 de maio, no qual o atendimento será reforçado com postos volantes. A campanha vai até dia 1° de julho.

O ministro afirmou que já entregou aos Estados 7,4 milhões de vacinas e que até esta sexta-feira serão fornecidas mais 17 milhões. “Até sexta-feira, teremos 40% de todas as vacinas distribuídas em território nacional”, informou.

Goiás foi o único Estado do país que antecipou a campanha de vacinação da gripe, que teve início no dia 13 de abril, segundo o ministro, devido a um surto de H1N1 que “estava se instalando”.  “Para este ano, foi mantida a H1N1 e modificada as duas cepas do ano passado”, afirmou o ministro.

Publicidade
Fechar anúncio

Veja: vacina contra H3N2 no Brasil deve ser mais eficaz que nos EUA

Um surto de H1N1 foi registrado dentro do centro de reabilitação Vila São Cottolengo, na cidade de Trindade, região metropolitana de Goiânia. De 24 de fevereiro a 5 de março, 57 pacientes adoeceram. Até o momento, 12 pessoas morreram.

O ministro informou que, no ano passado, a cobertura nacional de vacinação foi satisfatória, alcançando 87%. “Mais de 40% dos Estados atingiram meta superior a 90%. A vacina é segura e, em geral, as reações são leves. Eu tomei a vacina, não tive reação nenhuma, pode ficar apenas dolorido”, afirmou.

Occhi ressaltou que a vacina é restrita a pessoas com alergia severa ao ovo. “O vírus usado na vacina é inativado, então não gera gripe. É coincidência rara, mas pode ser que você já estivesse propenso e, quando tomou vacina, esse vírus aflorou”, disse.

Saiba mais: Veja o que é possível fazer para se prevenir contra a gripe

“Queremos ressaltar que quem toma a vacina não pega gripe. Está imune ao problema da gripe. A vacina reduz hospitalizações, esse é o grande objetivo do Ministério da Saúde”, completou.

Sobre realizar a campanha de vacinação da gripe junto com a da febre amarela, o ministério informou que isso poderá ser feito pelos Estados, caso julguem conveniente, já que as vacinas podem ser tomadas concomitantemente.

O governo ainda frisou que a campanha de vacinação da gripe não está atrasada e que não houve atraso no fornecimento de vacinas pelo Instituto Butantan. “Tudo está conforme planejado. Em alguns anos, foi possível antecipar a campanha. Mas, quando há mudança de cepa na vacina, como ocorreu este ano, a vacina não rende da mesma forma. Então tivemos que manter o cronograma da campanha previsto inicialmente.”, disse Carla Domingues, coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde. 

 


Mais Lidas
Publicidade









Mídia Social

REDES SOCIAIS
EXPEDIENTE
©2014-2017 jornalimpressao.com.br - Todos os direitos reservados
CNPJ 69.425.866/0001-40
Rua Montes Claros, 1350 - Cep 65.609-150
Campo de Belém - Caxias-MA
CONTATO

(99) 99646-5272
hsdete@hotmail.com
Desenvolvido por ClioHost - Fernando Sampaio
nandonet1@hotmail.com - (99) 98131-1501