Polícia prende mais um suspeito de envolvimento em explosão de agência bancária no Maranhão

Uma operação conjunta do Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras da (DCRIF) com a Delegacia Regional de Presidente Dutra, a 347 km de São Luís, prendeu na quarta-feira (12) Sucarlos da Costa Silva. Ele é suspeito de participar da explosão e tentativa de roubo a agência bancária na cidade de São Luiz Gonzaga, a 209 km da capital, ocorrida no último dia seis de setembro.

Sucarlos da Costa foi preso em cumprimento a mandado de prisão temporária, expedido pelo juízo da Comarca de São Luiz Gonzaga. O suspeito é proprietário de uma chácara, situada na zona rural de Presidente Dutra, que funcionava como base do grupo criminoso.

Durante buscas no comércio de propriedade de Sucarlos da Costa Silva, os policiais ainda apreenderam uma espingarda calibre 32 não registrada, motivo pelo qual também foi autuado em flagrante.

Relembre o caso

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA) antes de explodirem a agência do Banco do Brasil, dez homens fortemente armados atiraram várias vezes em uma viatura da Polícia Militar que estava estacionada no destacamento da corporação.

Em seguida, o grupo foi até a agência e detonaram vários explosivos para conseguir abrir o cofre. Após a explosão, uma laje desabou e impediu a passagem dos bandidos até o local onde estava localizado o dinheiro da agência.