STJ concede liminar para soltar ex-procurador-geral do RJ

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu nesta quarta-feira (19) liminar a favor do ex-procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro Cláudio Lopes.

A defesa dele havia entrado na semana passada com um pedido de habeas corpus no tribunal solicitando a soltura de Lopes. O despacho é do desembargador Sebastião Reis.

O ex-procurador-geral está preso desde o dia 8 de novembro na Unidade Prisional da Polícia Militar, em Niterói, Região Metropolitana do Rio.

Lopes é acusado pelo Ministério Público fluminense de receber cerca de R$ 7 milhões para “blindar” a organização criminosa chefiada pelo ex-governador Sérgio Cabral.

O advogado de Cláudio Lopes, José Carlos Tórtima, disse que considerou a decisão justa.

Ele também afirma que não teve acesso ao teor da decisão, mas que acredita que entre esta quarta e esta quinta-feira (20), Cláudio Lopes seja solto.

Tórtima acrescentou que, como não teve acesso à íntegra do despacho, não sabe dizer se foram determinadas outras medidas cautelares ao ex-procurador-geral.