TRE inicia geração de mídias, carga e lacre das urnas para as eleições no Maranhão

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão iniciou nesta terça-feira (25) o processo de geração de mídias, de carga e lacre das 19.752 urnas eletrônicas do estado que serão utilizadas no dia 7 de outubro. Os eventos são públicos.

Nas seis zonas de São Luís (1ª, 2ª, 3ª, 10ª, 76ª e 89ª) a geração de mídias ocorre no dia 26 de setembro, entre 8h e 17h, no Fórum Eleitoral (localizado no retorno da Cohama). O evento contará com a presença dos presidente e corregedor do TRE-MA, desembargadores Ricardo Duailibe e Tyrone Silva. Já as audiências de carga e lacre ocorrem entre os dias 28 de setembro e 3 de outubro, também entre 8h e 17h.

O que é a geração de mídia?

Gerar mídias consiste em copiar dados dos candidatos, eleitores e demais tabelas, assim como os programas que foram lacrados pelo TSE para as mídias (espécie de pen drive) para posteriormente carregarem as urnas eletrônicas.

Dar carga e lacre significa inserir nas urnas todas as informações dos candidatos que estão concorrendo. Após este procedimento as urnas são lacradas e o seu uso fica programado para acontecer apenas no dia da eleição, a partir das 8h.

A Justiça Eleitoral convida o Ministério Público, partidos políticos, candidatos e demais interessados para a geração de mídias e para a carga e lacre. Nas eleições 2018, o Maranhão tem 4.535.492 eleitores aptos a votar em 217 municípios divididos em 15.830 seções de 5.742 locais de votação de 105 zonas eleitorais.